Busca:
MATÉRIAS ESPECIAIS
LETRAS E TINTAS
Lendo e aprendendo
O livro da vez
Dicas de leitura
Pintando o 7
Músicas
PEDAGOGIA
A fala do mestre...
Professor Construir
Espaço Pedagógico
Em discussão
CIDADANIA
Ambiente-se
Direito tem,
   quem direito anda

ESPAÇO INTERATIVIDADE
Ajude a Construir!

Pedagogia

Sugestão
de Atividades


Sujeira, Tô Fora! - Amanda de Albuquerque Cisneiros

A produção de um projeto passa, necessariamente, por uma série de indagações, cujas respostas podem justificar ou não sua concretização.
O projeto Sujeira, Tô Fora! nasceu destas indagações: como elaborar um projeto, no qual o tema vise à valorização dos bons hábitos e costumes de higiene e saúde? Como sistematizar o conhecimento construído historicamente pela humanidade para ser trabalhado na educação infantil? Como trabalhar a criança e o seu mundo, de forma que ela possa desenvolver a sua autonomia e gerenciar seu próprio mundo? Como elaborar um projeto diferenciado que estimule a criança a pensar, buscar e transformar?
As respostas a essas perguntas nos levaram a idealizar um projeto coerente com a nossa visão de mundo, de homem, de educação, tendo em vista que a escola é um lugar privilegiado de aprendizagens, e nós, professores do Colégio Piedade, funcionamos como agentes catalisadores, cuja simples presença é estimulante.
O projeto Sujeira, Tô Fora! teve como função básica criar condições para o desenvolvimento da criança, levando em conta as inúmeras possibilidades de aprendizagem por meio de sucessivas reorganizações do conhecimento protagonizado pelos alunos quando puderam vivenciar experiências associadas às práticas sociais reais.
O nosso eixo de trabalho foi caracterizado por atividades lúdicas e interdisciplinares, particularizando-as nos âmbitos dos referenciais curriculares.
Tendo como subsídio esses referenciais em nosso projeto, priorizamos o desenvolvimento das capacidades expressivas e instrumentais do movimento, destacando:
  • Estruturação do esquema corporal
  • Lateralidade
  • Orientação temporal
  • Equilíbrio
  • Expressão gestual
  • Para desenvolver essas competências, contamos com o incentivo do coreógrafo e teatrólogo Paulo de Almeida Santos, que criou com alunos do Ensino Infantil as coreografias inseridas em um contexto teatral, haja vista a culminância do projeto.
    Os alunos priorizaram o banho, que ajuda a manter o corpo saudável e livre de germes que causam doenças. As crianças tiveram aulas práticas, burilaram e experienciaram objetos relacionados à higiene corporal. O trabalho com a música estimulou o desenvolvimento de habilidades e a formulação de hipóteses, respeitando o modo de perceber, sentir e pensar.
    Trabalharam a higiene das mãos, que foi priorizada e constituída como um procedimento básico para a manutenção da saúde e prevenção de doenças e que, portanto, fez parte da rotina da criança, dentro e fora da escola. As mãos são elementos sensoriais para conhecer e se relacionar com o mundo. Exploraram a manipulação de materiais de higiene, bem como tesoura, alicate, cortador de unhas, esmalte, sabonete, cremes, toalhas...
    No fazer artístico, as crianças utilizaram a linguagem do desenho, da pintura e da colagem com embalagens e rótulos de produtos de higiene pessoal, visando à produção de marcas gráficas. A música ensina alguns procedimentos para a higienização das mãos.
    Ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão, os alunos apresentaram uma peça e tiveram como fonte alguns livros paradidáticos, que incentivaram a aguçar a criatividade das crianças, assim como ampliaram seus conhecimentos e enriqueceram a sua vivência no que diz respeito à higienização da cabeça. Desenvolveram atividades importantes, como pesquisas na Internet, enciclopédias e coleta de dados, como fotografias e fôlderes, que fizeram a diferença.
    Sabonetes, xampus, condicionadores, pentes, escovas e bulas de remédios serviram como condutores científicos e tecnológicos para a prevenção da propagação da pediculose.
    A música O Piolho, de Xuxa, fez parte de um cenário de cabelos black power, bolinhas de sabão e um piolho gigante interpretado pela professora Amanda Cisneiros, que interagiu com as crianças na apresentação, abri-lhantando a culminância do projeto.
    Os conhecimentos matemáticos são parte integrante imersa no universo da criança desde o nascimento, dentro de uma perspectiva lógica de classificação e seriação, que podemos trabalhar em todas as áreas. A professora Ana Paula Maria dos Santos conduziu salas de aula explorando a higiene bucal. Contou com o apoio de uma profissional na área de odontope-diatria, Tereza Cristina da Cunha. Juntas, esclareceram a importância da boa alimentação e boa mastigação e dos cuidados que devemos ter com os nossos dentes. Tiveram,
    como recursos, a utilização da escova dentária, do creme dental, do fio dental e do antisséptico bucal, materiais esses patrocinados pela Aventis Pharma (produto Cepacol).
    Trabalharam uma exposição de vídeo animado (adequado à faixa etária) que abriu um leque de informações, possibilitando habilidades de vivenciar e experienciar tudo o que foi absorvido durante o projeto. Diante da necessidade de compartilhar as dinâmicas reflexivas vivenciadas, os alunos apresentaram duas peças: O sorriso de Aninha e Dente doente, ambas musicais.
    Aos professores que se dedicaram a esse projeto — coordenado pela pedagoga Maria do Carmo de Almeida Gondim — e que fizeram dele um trabalho de totalidade, movidos pela alegria interior de preparar indivíduos a elaborar pensamentos autônomos e críticos, nosso muito obrigado!




    Equipe pedagógica
    Maristela da Silva Leão do Nascimento
    Efigênia Maria de Lira N. Rocha
    Claúdia Cristiane Gouveia
    Jaciane Sandra de Lima
    Amanda de Albuquerque Cisneiros
    Ana Paula Maria dos Santos
    Paulo de Almeida Santos
    Maria Carla Brasileiro Lins Barbosa
    Ana Paula Braz da Silva
    Maria do Carmo Gondim / Tânia Oliveira (Coordenadoras do Ensino Infantil)
    Nádia Almeida (Direção)

    Bibliografia
    Por que devo me lavar? (Editora Scipione – Coleção Meu Corpo)
    Os ouvidos do Bolota (Leonardo Mendes Cardoso – Editora do Brasil)
    Com os pés na cabeça do rei (Leonardo Mendes Cardoso – Editora do Brasil)
    Sai, sujeira (Editora Ática – Coleção Xereta)
    O sorriso de Aninha (Edições Sabida – Coleção Fantasia dos Dentinhos)
    Dente doente (Edições Sabida – Coleção Fantasia dos Dentinhos)
    Couro de piolho (Contos Tradicionais do Brasil – Luiz Câmara Cascudo – Extraído da revista Construir Notícias/julho–agosto de 2004)

    Discografia
    O piolho – Xuxa
    Sabão – Eliana
    Hora do banho (Chuá, Chuá) – Xuxa
    Lavar as mãos (Arnaldo Antunes) – Castelo Rá-ti-bum
    Chuveiro – O Beabá Encantado
    Dentes – CD Amarelinha




    imprimir
    enviar
    por e-mail

    comentar



    Escolha a Edição pelo número ou clique aqui para ver uma lista completa

    Digite seu e-mail abaixo e receba


    Fone: (81) 3447-1178 | Fax: (81) 3442-3638 - E-mail: atendimento@editoraconstruir.com.br

    Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
    Desenvolvido e gerenciado pela Nativ - Seu site na medida certa.